Como Ajudar Alguém com Depressão? O Caminho Certo

Saber como ajudar uma pessoa com depressão não é fácil, mas pode contribuir e muito para o bem-estar e saúde das relações. Quando amamos uma pessoa que sofre de depressão, é normal sentir vontade de ajudar de alguma forma, mas antes precisamos compreender melhor os efeitos da depressão e até que ponto somos capazes de ajudar.

O que você precisa saber para ajudar alguém com depressão

O primeiro fato que você precisa aceitar para conseguir ajudar alguém com depressão é que somente um profissional habilitado e tratamentos podem ajudar a curar a depressão. A cura não é linear, podendo haver altos e baixos ao longo do tratamento, e apenas tomar remédios ou ir à terapia não será suficiente.

Não adianta tentar ajudar alguém com depressão se você estiver desinformado e a sua expectativa for muito diferente da realidade. Infelizmente, quando uma pessoa desinformada tenta intervir, muitas vezes ela mais atrapalha do que ajuda, pois diz palavras insensíveis e se frustra ao não ver os resultados que gostaria.

Para ajudar alguém com depressão, você deve ter paciência, tomar cuidado com o que diz, se mostrar prestativo, respeitar o espaço do outro, mostrar empatia e, acima de tudo, aceitar seus próprios limites também. Cuidar de si mesmo primeiro é um passo fundamental para poder cuidar do outro.

 

treenage girl suffering with depression in a conversation with a therapist

Frases que deve evitar para ajudar alguém com depressão

Às vezes as palavras mais inocentes podem machucar o outro. É comum que pessoas com depressão ouçam frases dolorosas quando conversam com pessoas que nunca foram diagnosticadas com depressão. Isso não significa que o outro quis magoar. Em geral, a pessoa simplesmente não sabia como se expressar melhor.

Se você quer conversar com uma pessoa que sofre de depressão, temos algumas dicas de frases que você deve evitar:

  • “Está tudo na sua cabeça.”
  • “Existem pessoas sofrendo mais do que você.”
  • “Você precisa pensar positivo.”
  • “Eu entendo.”
  • “Todos nós passamos por momentos assim.”
  • “Deixa de bobagem.”
  • “Levanta da cama, faz alguma coisa.”
  • “Você é sensível demais.”
  • “Por que você dá tanta importância para coisas pequenas?”
  • “Você tem que superar isso logo.”

Pode ser uma surpresa para você descobrir que algumas dessas frases são “proibidas”. Nós vamos explicar por quê.

Quando uma pessoa sofre de depressão, em geral, ela tem um desbalanceamento hormonal que influencia a maneira que ela enxerga o mundo e age no dia-a-dia. É difícil realizar tarefas básicas, que podem parecer muito fáceis para você, como levantar da cama, tomar banho, se alimentar e até mesmo trabalhar. Por isso, é injusto pedir que alguém com depressão “faça alguma coisa”.

A depressão muitas vezes não é causada por fatores externos, e muito menos é uma “disputa de problemas”. Ela pode atingir pessoas de todos os tipos, inclusive pessoas amadas pela família, que nunca passaram necessidade financeira, nem sofreram um trauma.

Não faz sentido dizer que “existem pessoas sofrendo mais”. Não se pode medir o sofrimento das pessoas e, mesmo que pudesse, essa informação seria irrelevante, pois não pode diminuir o sofrimento do outro, e também cruel. Quando alguém com depressão ouve que “existem pessoas sofrendo mais” ou alguém pede para ela “deixar de bobagem”, ela se sente culpada por ter tanta dificuldade para aguentar o dia-a-dia.

Da mesma forma, não faz sentido pedir que a pessoa com depressão “pense positivo”, “está tudo na sua cabeça”, “deixa de bobagem” ou “supere logo”, pois isso implica que a depressão é uma escolha. Logo, você está dizendo para o outro que ele escolhe sofrer e que, na verdade, resolver esse problema é muito simples. Não é assim que funciona a realidade.

Talvez as frases mais complicadas de se banir do vocabulário sejam “eu entendo” e “todos nós passamos por momentos assim”. Para compreender melhor, responda a essas perguntas. Você já foi diagnosticado com depressão? Você consegue afirmar com certeza absoluta que já sentiu exatamente o mesmo que a outra pessoa, os mesmos sintomas, a mesma dor e teve as mesmas atitudes? Se a resposta for não, você não entende e nunca passou por um momento assim.

A depressão pode ser comum, mas nem todas as pessoas sofrem de depressão. Existe uma diferença bem grande entre depressão e tristeza, e confundir as duas é banalizar uma questão de saúde mental.

Além disso, ninguém é capaz de compreender completamente a dor do outro, pois não há medida para isso. Dessa forma, se você também sofre de depressão, mas ela não afeta sua vida da mesma forma, não é correto você agir como se o outro devesse tomar as mesmas atitudes que você. Por exemplo, algumas pessoas com depressão são mais funcionais do que as outras, e isso é normal. Cada caso é um caso.

O que você deve dizer para ajudar alguém com depressão

É possível aprender como ajudar alguém com depressão se você prestar atenção nas palavras e atitudes que surtem mais efeito. Em vez de falar as palavras que mencionamos anteriormente, que tal dizer:

  • “Você é importante para mim”
  • “O que posso fazer para ajudar?”
  • “Vamos encontrar um caminho”
  • “Você quer ajuda para marcar um psicólogo ou psiquiatra?”
  • “Você quer companhia para fazer tal coisa?”
  • “Você quer ajuda para fazer tal coisa?”
  • “Um abraço ajuda?”

Ajudar alguém com depressão significa mostrar compreensão, estar presente e, ao mesmo tempo, oferecer espaço. Em vez de tentar forçar uma melhora na pessoa, você pode contribuir de forma prática se oferecendo para realizar pequenas atividades, como marcar um médico, ajudar nos afazeres domésticos em meio a uma crise grave, levar a pessoa para sair em dias que ela tiver disposição, incentivar atividades prazerosas que contribuem para o tratamento.

Nunca podemos nos esquecer que toda pessoa tem livre-arbítrio, e isso é crucial na hora de aprender como ajudar pessoas com depressão. Não adianta tentar obrigar alguém a sair de casa quando está se sentindo mal, por exemplo. Por isso, é sempre importante oferecer conselhos e sugerir, não exigir. Saiba a hora de dar um tempo e não culpe a pessoa ou a si mesmo pelas reações negativas. Isso é comum.

Dez passos para ajudar alguém com depressão

Se você leu até aqui, com certeza aprendeu muito sobre como ajudar alguém com depressão. Agora, vamos revisar o que aprendeu com um passo a passo para ajudar uma pessoa com depressão:

  1. Pesquise sobre depressão e procure entender a pessoa melhor
  2. Demonstre carinho e preocupação pela pessoa
  3. Não julgue ou critique, e sim demonstre empatia pelo outro
  4. Ofereça ajuda para marcar médico e desempenhar algumas tarefas
  5. Esteja presente nos momentos difíceis
  6. Saiba ouvir mais do que falar, o silêncio amigável pode ajudar
  7. Não fique frustrado caso a pessoa resista às suas tentativas de ajudar
  8. Ajude o outro a entender que a depressão é tratável e não é um defeito
  9. Aceite suas limitações sem culpa. Você não pode curar a depressão do outro
  10. Seja humano, compartilhe suas questões e mostre que há reciprocidade

Não, não é fácil ajudar alguém com depressão, mas é possível. Incentive o seu amigo, parente ou companheiro a procurar ajuda de um psicólogo e/ou psiquiatra e ofereça todo o apoio que puder. O seu carinho, empatia e compreensão faz toda a diferença.

Gostou? Leia Também:  Como sair da depressão? Depressão tem cura?

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*